Artigos contra baixo ativo e passivo

Publicado em maio 24th, 2013 | por Mundobends

Qual a Diferença entre Baixo Ativo e Passivo? Qual é melhor?



contra baixistaOs sistemas ativos para Contra Baixo foram criados basicamente para resolver o problema de perda de sinal. Um cabo grande tende a sequestrar o sinal do baixo passivo, a maioria das vezes imperceptível.

O sistema ativo, por possuir um circuito pre-amplificador bem próximo à captação, vai fornecer uma relação sinal/ruído muito favorável, em função do ganho (boost) à partir da fonte. Teoricamente, um sistema ativo de baixo, empurra o som com mais força. Porém o som final dificilmente vai agradar aos amantes do vintage, pelo som artificializado. Eis a principal diferença.

Como os circuitos ativos costumam a ter mais ganho de saída, em alguns casos, é necessário ligar o Contra Baixo na entrada Low (menos ganho) do amplificador.

E como um Contra Baixo com sistema passivo também tem seu timbre alterado pela própria impedância da entrada das diferentes marcas de amplificadores, os sistemas ativos para não caírem no esquecimento tiveram que criar novos recursos, como possibilidades maiores de equalização com os paramétricos incluídos, e é aí que realmente mora a diferença.

A diferença na pática! Óbviamente eles são bem diferentes, mas na prática, no som que vai sair na ponta que mora a diferença plena. Um contra baixo passivo possui timbre definido, que depende do material e construção do baixo, o som é aquele e pronto. Um Jazz Bass, por exemplo, vai sempre soar vintage, rock and roll. Já um contra baixo ativo possui sistema de equalização, o som é mais artificial, principalmente em baixos mais baratos, porém há uma possibilidade maios do baixista controlar o timbre que sai na ponta, tem mais opções de timbragem.

Como diferenciar um baixo com circuito Ativo

Uma característica dos baixos com circuito Ativo é uma bateria de 9v acoplada em seu corpo, além disso os circuitos ativos costumam a ter mais knobs (botões) do que os baixos passivos, podem ser de graves, médios, agudos… Já os Baixos passivos dificilmente tem, a maioria possui apenas volume e tonalidade.

baixo ativo ou passivo

Qual comprar?

Um Contra baixo Passivo normalmente possui um timbre mais definido. Já os Baixos com circuito Ativo possuem mais opções de regulagens, logo eles podem ser mais agudos ou mais graves por causa do circuito de equalização (EQ), mas muitas vezes, se o baixo for de baixa qualidade, fica bem complicado de conseguir timbrá-lo.

Dica! Esta dica é bem pessoal, mas normalmente funciona, se você está com pouca grana para investir em um Contra Baixo e não vai poder tirar de cara um Fender, um Ibanez, um Music Man… o ideal é optar por um contra baixo passivo, por que o circuito é mais simples e o timbre vai sempre soar natural. Um contra baixo ativo de baixa custo pode deixar desesperado pela baixa qualidade dele.

Mas no final, nenhum é melhor que o outro. São apenas diferentes, depende do seu gosto musical,  a utilização e a grana disponível.

Tags: , , ,


Sobre o Autor

Este post criado e editado pela equipe titular do MundoBends! Caso você queira escrever no blog Clique Aqui e cadastre-se. O Mundobends é um blog sobre o mundo da música, ou dos músicos. Tudo sobre instrumentos musicais, com guias de compra de equipamentos e dicas para músicos iniciantes. Participe!


Seja Gentil, Deixe um Comentário



Back to Top ↑

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para gente, compartilhe este artigo!
Qual a Diferença entre Baixo Ativo e Passivo? Qual é melhor?